• Novo

Homeopatia: dúvidas mais freqüentes

1 de Julho de 2016 - 15h09

A Homeopatia é uma especialidade médica, farmacêutica e veterinária, criada pelo médico Samuel Hahnemann. Estudos realizados por ele mostraram que sintomas característicos causados por determinada substância em um indivíduo sadio, poderiam ser tratados com esta mesma substância em indivíduos doentes. Para a Homeopatia, a doença nada mais é que o desequilíbrio de forças internas que podem gerar uma série de sintomas desagradáveis. A ideia chave é reequilibrar a energia vital levando corpo e mente ao estado de saúde tão almejado.
 
O clínico homeopata procura tratar o paciente de uma forma global, considerando influências sociais e ambientais, não se preocupando somente com sintomas isolados.
É muito comum a confusão entre Homeopatia e Fitoterapia. A Fitoterapia é a forma de tratamento que usa medicamentos de origem vegetal (chás, tinturas, cápsulas, etc). A Homeopatia utiliza medicamentos de origem mineral, animal e vegetal. Sua técnica de preparo é específica denominada dinamização, baseada em diluição e agitação. Dinamizações sucessivas permitem a liberação da informação homeopática, organizando a energia vital quando o indivíduo está doente. A dinamização permite diminuir efeitos tóxicos da substância original além de aumentar seu poder curativo.
 
Somente o clínico deve avaliar se você pode consumir medicamentos alopáticos, café, álcool, etc, junto com a Homeopatia. Não existe restrição obrigatória.
O medicamento homeopático deve ser guardado longe de eletrônicos (celular, computador, etc), ao abrigo de umidade, calor e luz.
 
O horário de administração é importante, mas se você esquecer tome assim que possível dando continuidade ao tratamento. Só repita uma receita se seu clínico recomendar.
Não dê ouvido a palpites. Siga a orientação de um profissional habilitado. A melhor forma de prescrição da Homeopatia é a que é feita para o indivíduo, respeitando suas peculiaridades. A sua dor de cabeça dificilmente será igual a do seu vizinho. São corpos diferentes que tem uma história única. A beleza da vida está em perceber que sua história pode ser maravilhosa e é só sua!